Guardado Numa Caixinha

Ao tocar tua alma, meu poema se torna poesia, meu sonho vira realidade meu corpo vira instrumento de minha maior verdade que é esse tal de amor! que é o nosso amor! que é o meu amor!   O seu amor é uma incógnita, ama-me quando tem vontade quando esta passa esquece de mim e […]

Leia mais Guardado Numa Caixinha

Medo Nem Tão Bobo Assim

Quanto receio eu tenho ao te falar tudo o que sinto. Isso pode ser um problema ou próprio fracasso em nossa relação.   Todo o poder sobre minha pessoa pertence a ti, e pode tu, fazer o que quiser comigo.   Receio que queira judiar de mim, quando diz que me ama, mas vive a […]

Leia mais Medo Nem Tão Bobo Assim

Viver e (é) Lutar

Tenho sono, mas tenho planos. Tenho cansaço mas prefiro os calos aos poréns e Ses.   A luta tem que acontecer, apesar das dificuldades. Viver a vida é muito mais do que Ferris Buller falou.   Lutar e conquistar, lutar e não conquistar… Tudo faz parte! As glórias e decepções são ilusões de uma vida […]

Leia mais Viver e (é) Lutar

O Fim do Lamentar

Chega de chorar… Jamais conquistarei seu coração mendigando teu carinho reclamando por tua distância.   Não é murmurrando que tocarei tua alma, não é lamentando que chegarei a ser rei.   O mundo quer sorrisos até da alma mais ferida… E assim tem de ser nem que uma máscara tenha que se colocar.   Não […]

Leia mais O Fim do Lamentar

Poesia com Sofrimento

Poesia boa é aquela vinda com sofrimento, aquela em que a tristeza apodera-se da alma do poeta que hiperbolicamente se atira junto ao mar de desgraça que o afunda em ruínas emocionais.   Poesia boa é escrita quando O poeta sente sua alma escurecer e o brilho da esperança apagar-se mesmo que por um breve […]

Leia mais Poesia com Sofrimento

Por que escrevo?

Do que adianta escrever versos trabalhá-los, pensá-los e rimá-los, se ninguém vai lê-los, comentá-los ou questioná-los?   Por que escrevo poesia, se em nenhum dia, ela irá tocar um coração ou mudar o rumo de uma vida?   Por que sigo a escrever, se em nada contribui para humanidade ou se quer para minha cidade, […]

Leia mais Por que escrevo?

Um Amor Que Não Se Viverá

Diante a melancolia do dia-a-dia, me vejo em uma quebra de rotina, ao te enamorar.   Te desejo todos os dias, sempre de uma maneira nova, que sempre inova o que de mais belo eu sinto.   É uma novidade toda essa felicidade em tamanha intensidade por somente te ver.   Oh, meu coração que […]

Leia mais Um Amor Que Não Se Viverá

Oh, Nobre Poesia!

Oh, nobre poesia! Chega ao coração dela, torna-me ela meu amor que ela se apaixone, se entregue, que ela deseja ser minha namorada. Que seu sonho seja está junto a mim, que queira até casar e ter vários filhos comigo!   Oh, nobre poesia! Se não puder fazer isso, me faça esquecê-la, me faça parar […]

Leia mais Oh, Nobre Poesia!